Câmaras de Bronzeamento: Risco de Câncer de Pele!

câmara de bronzeamento artificial

A Anvisa proibiu desde 2009 o uso das câmaras de bronzeamento artificial tanto para a comercialização quanto para uso pessoal, baseando-se em pesquisas da Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer. As pesquisas apontam que pessoas com menos dos 35 anos, que se expõem ao bronzeamento artificial destas câmaras correm 75% mais riscos de desenvolver câncer de pele.

De acordo com o diretor da Anvisa, Dirceu Barbano, a norma da não-utilização das câmaras continua valendo para todo o país. “Algumas liminares liberaram o uso, mas estamos recorrendo e, em alguns casos, já conseguimos reverter”, explica. ”
As câmaras não trazem nenhum benefício para a saúde”. O equipamento funciona como um sol artificial, que emite raios UVA, estimulando a produção de melanina, que produzem pigmentação e conferem o aspecto bronzeado à pele.
Caso as câmaras voltem mesmo à ativa, fique atento às verdades e mentiras com relação ao assunto.

 

Pode causar câncer de pele?

Verdade. Estudos da OMS afirmam que a exposição às lâmpadas UVA aumenta em 75% os riscos do desenvolvimento de melanoma, tipo mais grave de câncer de pele, por meio de danos às células da pele. “Em geral, quem está habituado a fazer bronzeamento artificial também gosta de se expor ao sol, o que danifica ainda mais as células da pele”, explica Meire Brasil Parada, dermatologista colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Unifesp (SP). Outro erro que eleva os riscos é não fazer uso de filtro solar ao usar as câmaras.

Melanoma
(Melanoma)

 

Conserva a pele hidratada?


Mito.
 De acordo com a especialista, a luz promove atrofia das células, diminuindo a hidratação da pele e aumentando a perda de água. “Além disso, a exposição danifica o colágeno, fazendo a pele perder a elasticidade e o tônus”, completa.

pele desidratada

 

Causa envelhecimento precoce da pele?


Verdade. 
A falta de hidratação, as células danificadas, o colágeno destruído e a perda de elasticidade fazem com que a pele fique envelhecida, surgindo rugas precoces.

envelhecimento precoce

 

30 minutos de câmara equivalem a 30 minutos de exposição ao sol?


Mito.
 De acordo com a dermatologista, 10 minutos em uma câmara de bronzeamento artificial são equivalentes a cinco vezes o mesmo tempo de exposição solar em um dia quente, no horário de radiação solar intensa.

bronzeamento artificial

 

Falta de controle do tempo pode causar queimaduras?


Verdade.
 Existe um teste para determinar o tempo de exposição à luz chamado DEM (Dose Eritematosa Mínima). O teste verifica qual a quantidade de exposição à luz para a pele ficar vermelha. Uma câmara que funciona em condições normais e com supervisão não pode provocar queimaduras. “É a radiação UVB e não a UVA a principal responsável por queimaduras solares”, explica Carla Albuquerque, dermatologista. “No entanto, como não existe uma regulamentação rígida que controle a fabricação e fiscalização destas máquinas, pouco se pode dizer da credibilidade desta fonte de emissão luminosa”, completa a especialista.

queimaduras na câmara de bronzeamento

 

O uso de medicamentos não influencia o uso da câmara?


Mito.
 De acordo com Carla Albuquerque, há medicamentos que são fotossensibilizantes e, na presença de radiação ultravioleta, podem causar reações graves na pele. “Piroxicam, tetraciclinas, prometazina e griseofulvina são alguns exemplos”, afirma.

medicamentos fotossensíveis

 

Visão pode ser afetada?


Verdade.
 A ausência de proteção adequada na exposição à radiação ultravioleta causa danos oculares, como ceratires, pterígio, catarata precoce e até envelhecimento precoce do epitélio da retina.

catarata
(Catarata)

 

É o método de bronzeamento artificial que mais prejudica a saúde da pele?


Verdade. 
Por não deixar a pele vermelha, a radiação solar concentrada das câmaras de bronzeamento apresenta uma falsa sensação de “bronze seguro”. “Sem ficar vermelha, fica difícil de saber a hora que a exposição está excessiva”, explica Carla. A dermatologista aconselha o uso de autobronzeadores, que possuem o composto dihidroxiacetona, responsável pela coloração da camada córnea, área mais superficial da pele. “Vale lembrar que eles não conferem nenhuma proteção extra à pele e o filtro solar não deve ser dispensado quando houver exposição solar”, alerta a especialista.

pele envelhecida e pigmentada

Perceberam o perigo de se bronzear em câmaras de bronzeamento artificial?
Pois é, e ainda por cima trás malefícios irreversíveis para a nossa pele!

 

Gostou do post? Então indique ou compartilhe, e passe essa informação para frente.
É muito bom que todos saibam dos riscos que essa câmara causa à saúde.

Beijos, lindonas!

 

 

Fonte: minhavida.com.br

Tainá De Lucca
Siga-me

Tainá De Lucca

Maquiadora e Esteticista em Tainá De Lucca
Olá, me chamo Tainá e sou apaixonada por Estética & Beleza. Estou cursando o último ano de Estética e Cosmética e então resolvi criar um site para divulgar meus trabalhos e conhecimentos na área.
Tainá De Lucca
Siga-me